A ECONOMIA PORTUGUESA E AS AZIAS

Publicados que foram, pelo INE, os últimos números sobre o desempenho da economia portuguesa, correrias se detetaram em todos os dignatários da oposição, no sentido de depressa chegarem aos respetivos WC’s.

Os maus fígados com as azias e os estômagos e intestinos, derretendo os nutrientes sólidos, provocando necessidades urgentes de evacuação continua dos ajantarados do serão anterior.

Também pelos cómodos dos ultraliberais europeus, devem ter surgido cólicas agudas em consequência das notícias chegadas da iluminada Capital Lusitana.

Bem era, que sempre assim fosse, mas, neste espartilho assim colocados, muito difícil é, fazer brotar notícias que nos aquecem a alma e nos dão alento por algum tempo.

De qualquer maneira, para os enjoados, recomendo uns bons caldos de galinha q. b. que, quanto menos esperarem, estarão prontos para outra, ou não!

Silvestre Félix
16.11.2016
Tag: Economia
Foto: Google             

Sem comentários:

HABITUAMO-NOS A CADA COISA...

Há coisas que, antes de as fazermos ou programarmos, é bom que nos habituemos a consultar o calendário das greves de alguns serviços, na m...