Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2008

CONSUMISMO

Eu, neste período natalício e de transposição de ano, estou, como o tempo tem estado, cinzento, inibido e muito “murcho”.
O consumismo sem limite e sem dinheiro, as prateleiras vazias, os papéis de embrulho dentro e fora dos caixotes do lixo, ainda sem descanso e lá vem a abertura oficial dos saldos. Não se pode perder, e volta tudo ao princípio, corre-corre porque se pode acabar. Engarrafamentos junto dos “shopping’s”. Não há limite e não há dinheiro.
Ainda estão as “digestões” acumuladas e já aí vem o fim de ano. Sem limite e sem dinheiro mas “réveillon” não pode faltar. Os melhores programas, dentro e fora do País, estão lotados como de costume, sem limite, sem dinheiro e, neste caso, sem crise. Essa “coisa”, a crise, é para os outros.
Estou cinzento, inibido e muito “murcho” com toda esta euforia. E depois, como se diz na revista “Visão” que saiu hoje, o Partido Socialista desistiu de tentar ganhar Cascais e Oeiras, e Sintra? Acrescento eu com interrogação. No que respeita às eleiçõe…

BOAS FESTAS

Se os votos de Felicidade, Alegria, Paz, Amor e Solidariedade que se costumam desejar nestes dias à volta do Natal, servirem de exemplo para todos os dias do ano que aí vem, então eu também desejo tudo isso e muito mais para todos os visitantes.
SBF

PROFESSORES VS GOVERNO

Começo a ter alguma dificuldade em ouvir as tiradas do líder da FENPROF. Se não é do c* é das calças, haverá sempre mais um argumento para justificar o não cumprimento da lei por parte dos Professores, mas não pode ser, os Professores, tal como a generalidade dos Portugueses que trabalham, têm que ser valorizados ou desvalorizados através dum processo de avaliação justo e eficaz.
O que está em causa não é a carreira de um profissional do ensino, mas sim, o processo de aprendizagem dos nossos filhos que deverá resultar no respectivo sucesso escolar.
Entretanto parece que já haverá alguns Professores, tal e qual o cidadão vulgar, que estarão cansados de tanto paleio.
Um abaixo-assinado, em vésperas duma reunião com o Governo. É sempre bom pressionar não é?
SBF

NOVO CÓDIGO DO TRABALHO CHUMBADO

Pois é! Nem oito nem oitenta. Parece-me realmente que o aumento de 90 para 180 dias de experiência era um exagero. O Governo podia ter evitado que mais uma vez o Presidente da República tivesse brilhado.
SBF

EQUADOR – SÉRIE

Li o livro do Sousa Tavares em tempos e gostei. Gosto de romance, e especialmente do histórico, e foi esse tempero que me levou a comprá-lo logo no seu lançamento.
Quando se lê primeiro o romance, e depois se vê a versão de cinema ou série de TV, é natural que não fiquemos inteiramente satisfeitos. No livro a nossa imaginação é que comanda, no écran, vemos e ouvimos os personagens, vimos os locais e a história passa a ser condicionada por esses sentidos.
Pelo que vi ontem gostei. Espero que a continuação me agrade como aconteceu com a estreia. Aconselho a sintonizar a TVI no dia da transmissão.
SBF

JOSÉ MOURINHO-POLÉMICO

O Mourinho gosta de ser “mal amado”. Não é necessário afirmar, duma forma tão clara, mesmo que fosse verdade, que o Ibrahimovic é melhor que o Cristiano Ronaldo.
Tem a pretensão de passar um atestado de incompetência a quem votou no Cristiano e fica mal no filme relativamente aos Portugueses e a todo o universo de admiradores do Cristiano pelo mundo fora.
“Presunção e água benta, cada um toma o que quer”
SBF

BUSH E OS SAPATOS DE BAGDAD…

Quem havia de dizer que alguém se tornaria herói de Bagdad, por ter tido a coragem de descalçar os sapatos e atirá-los na direcção dum americano que, há cinco anos, armado em cowboy, invadiu e iniciou a destruição daquele país que já foi Babilónia.
Os americanos são tão “queridos” (de querer) no Iraque, que desde ontem, milhares e milhares de Iraquianos, se manifestam em todo o País, em apreço ao compatriota atirador de sapatos.
Por muito rápido que seja o Obama, na retirada das tropas do Iraque, o estrago já está feito e a tendência é que continue a piorar.
Há quem nem um par de sapatos pelas trombas, mereça! SBF

FÓRUM DAS ESQUERDAS …

A Democracia é isto mesmo. Todo o Cidadão tem o direito de reunião com quem e onde muito bem entender. Neste “fórum” estão anunciadas presenças de pessoas que não têm vínculo partidário e de outras que se conhecem como militantes do BE, PCP e PS, sendo algumas, figuras destacadas destas organizações. Há contudo uma característica comum, à excepção dos do BE, que é o não estarem, de momento, em completa sintonia com os seus partidos.
Ora bem, embora os partidos digam oficialmente que no seu interior, os militantes têm liberdade de opinião e podem manifestar o seu direito de discordância, não é nada assim. É suposto haver um discurso oficial com que os militantes se identificam, se não, não faz sentido a militância.
Bom, o que acho que se passa, é que este “fórum” é mais uma reunião à medida do BE que, desta forma, tenta alargar a sua base de apoio eleitoral até aos cidadãos que votaram Manuel Alegre nas últimas presidenciais.
Resta-me reconhecer o sucesso da estratégia do BE que é legíti…

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS

Por princípio, não sou entusiasta nem ligo aos dias universais, mundiais, nacionais, disto, daquilo e daquele outro. Acho que é mais retórica que outra coisa e, por vezes, é mesmo só uma questão de publicidade.

Comemora-se hoje, 10 de Dezembro de 2008, sessenta anos da declaração universal dos direitos humanos.

Toda a gente “bate no peito” na defesa de todos estes direitos. Fica bem, é politicamente correcto e engana-se a consciência.

BOLA DE OURO

Quando um compatriota nosso é reconhecido pelo seu mérito, ficamos felizes e contentes e ficamos também com o “EGO” inchado. É verdade que precisamos de muito ânimo e o Cristiano Ronaldo faz-nos bem, ajuda-nos a manter a cabeça erguida.
O “nosso” BOTA e BOLA de ouro merece os prémios, mas para lhe assentarem mesmo bem, tem de ser mais humilde. A imprensa nacional e estrangeira tem feito eco de algumas altitudes do Cristiano que não o dignificam. Espero que sejam só momentos. SBF

PRENDAS DE NATAL

Há já praticamente um mês que tudo o que é “ponto de venda” tratou de colocar, nas “barbas” dos clientes, os brinquedos e todas as outras bugigangas que podem, duma ou doutra forma, servir de prenda para alguém.
Nunca me dei bem com esta época. Não pelo Natal em si, mas pelo tempo de consumismo doentio em que a nossa sociedade transformou este período.
Mesmo a atravessarmos uma crise muito séria, sem sabermos quando vai acabar, mesmo assim, não deixamos de invadir os shopping’s e centros comerciais tendo que ultrapassar filas de trânsito e encontrando muita dificuldade para conseguirmos lugar para estacionar. Depois, finalmente, conseguimos gastar uns “trocos”, que muitas vezes falta fazem para outros compromissos, comprando a tal “prenda” e ficamos felizes porque cumprimos a principal missão deste Natal.
Contrastando com esta realidade, passamos ao lado, numa grande parte das vezes, de campanhas promovidas por “ONG’s” ou similares, para que, com pequenas contribuições, (muito inferior…

25 DE NOVEMBRO

Às cinco da manhã deste dia vinte e sete de Novembro de há trinta e três anos passados em tempo, aquela monstruosa “berliere” do Exército Português depositou-me em domicílio oficial, não fosse o recolher obrigatório agir em conformidade e apanhar-me desamparado numa qualquer estrada da vida, naquele final de PREC neste “jardim à beira mar plantado”.
Quando os comandos tomaram de assalto o quartel, já não havia nenhum miliciano armado. Horas antes, “requisitamos” uma grande dose de bom senso e arrecadamos todas as armas.
A noite fria de Novembro e fim de PREC, ia andando depressa quando eles chegaram de surpresa. Vinham mascarados e armados até aos dentes com lição estudada para humilhar os que cá estavam.
Muitos dos que cá estavam já dormiam e foram também obrigados a formar na parada mesmo em cuecas. Em formatura pela madrugada, os que cá estavam, ouviram nomes ofensivos e sentiram muitos empurrões.
Ofendido fiquei, não pela situação mas pelos nomes que me chamaram. Em pouco mais de uma …

DITADOR FRANCISCO FRANCO

Lembro-me deste dia 20 de Novembro de há 34 anos atrás, ou seja, nos últimos dias do que, a seguir ao 25 de Abril de 1974, se chamou “PREC” (Processo Revolucionário Em Curso). Estávamos assim em 1975 e eu era um militar completamente engajado no espírito do PREC.
Não me lembraria especificamente deste dia, não fosse o destaque na “Wikipédia” da morte do ditador vizinho Francisco Franco. Recordo o digerir da “boa” notícia, na sala de sargentos do quartel onde estava colocado. Eu e mais alguns camaradas, igualmente “revolucionários”, festejamos a morte do ditador vizinho, e fizemos previsões para o futuro duma Espanha tão revolucionária como nós.
Da Espanha, não veio um PREC como o nosso, mas veio uma transição para a democracia muito mais tranquila. Com a figura real de Juan Carlos a garantir a representação do Estado, e com o brilhante trabalho de Adolfo Suarez em Presidente do Governo, os nossos vizinhos souberam desenvolver uma Espanha que hoje, 34 anos depois, está entre os grandes …

FLEXIBILIDADE

Tem passado a ideia da inflexibilidade da Ministra da Educação na implementação de reformas e, principalmente, na que está em cima da mesa, a “avaliação dos professores”.
Nos últimos dias, Ministra e Secretários de Estado, têm-se desdobrado em reuniões com todo o tipo de organizações que, duma forma ou outra, têm uma palavra a dizer neste processo.
Hoje de manhã, era a vez da FENPROF ser recebida pela Ministra. Há já alguns dias que esta organização vinha avisando que, se nos primeiros cinco minutos a Ministra não declarasse que ia suspender de imediato a “avaliação”, abandonariam a reunião e suspenderiam as negociações.(Quais negociações? A comissão paritária já era, agora só dão 5 minutos à Ministra...)
Se houvesse dúvidas, ficaríamos todos esclarecidos hoje. A FENPROF (um poço de flexibilidade ??) só quer a suspensão do processo. Com isso, a continuação do “bem estar” habitual, nada de avaliações, provavelmente a demissão da Ministra com os inerentes problemas para o governo em vés…

DEZ DIAS

É verdade, dez dias desde a última postagem, é de facto muito tempo de ausência para um Blogue. Em qualquer dos casos tenho uma boa “desculpa”… isso … , mostrar bem o OBAMA aos meus visitantes. Quem melhor do que ele podia eu deixar aqui?
Bom, os dias foram passando pela minha falta de vontade, pela minha ansiedade, pela minha indisposição mental permanente. Todos temos períodos destes, uns mais, outros menos, mas toca a todos.
E vão dez dias em que muitas coisas aconteceram;
- Os professores e as avaliações (que não querem)
- Os alunos que, contagiados pelos adultos, também querem ter “catarro”
- A nacionalização do BPN e o mau (perder) humor de Cadilhe
- O G20 em Washington com a presença do “moribundo” Bush
- O Durão Barroso com esperança em mais um mandato na EU
- As pazes do Jardim (da Madeira) com a Manuela F. Leite
- Os (sacrificados…???) militares e os cortes do Governo
- O cansaço de Santana que espera da Manuela, a nomeação para candidato à CM Lisboa
- A ignorância da Ministra da Sa…

BARACK OBAMA

Finalmente Obama foi eleito.
O mundo deposita grandes esperanças neste novo Presidente Americano. Em plena crise global, encaixa bem esta lufada de “ar fresco”. Só espero que a fasquia não esteja demasiado alta.
Hoje, em todo o mundo, os cidadãos estão mais confiantes com este resultado.
Eu também acredito que hoje seja o primeiro dia de uma sociedade nova.

SBF

NACIONALIZAÇÃO DO BPN

Foi preciso haver ontem uma conferência de imprensa da actual administração do BNP, para ouvir alguém dizer que a nacionalização do banco, foi uma má decisão, etc, etc.
Ainda me impressiona, como as pessoas olham só para o seu umbigo. Independentemente desta administração estar no banco desde o Verão, a instituição é a mesma e os seus problemas já há muito que eram conhecidos, ou pelo menos alguns. A entidade reguladora e fiscalizadora actuou quando teve dados para o fazer.
É verdade que noutra conjuntura e sem o peso da crise financeira global, os actuais responsáveis do BPN talvez pudessem ter conseguido dar a volta doutra maneira, mas não foi o caso, e, por isso, estas pessoas deviam medir bem as palavras e ter alguma “vergonha” na cara.

O MAGALHÃES

Os adversários do “Magalhães” não desarmam, mas vão tendo cada vez menos margem de manobra.
Quer queiram quer não, este, é um sucesso garantido. Não há memória de uma acção (comercial/diplomática) com este resultado tão positivo.
Pelo que consta o “nosso” computador foi vedeta na Cimeira Ibero-Americana.

DIA DAS BRUXAS

A crise não é negativa para todos. É verdade, entre outros, tudo o que é bruxos e bruxas estão em grande, o pessoal “em crise” não para de consultá-los. Em destaque hoje no DN.

PAGAMENTO DO IVA

Desde que existe o código do IVA se considera injusto o pagamento ao Estado, considerando facturação e não o recebimento efectivo. É injusto e penaliza acima de tudo as PME’s, ainda mais quando estamos em presença de fornecimento ao Estado. A empresa emite a factura em determinada data, tem de pagar o IVA ao Estado e este só lhe vai pagar o valor da factura 8,9,10 meses ou um ano depois.
Bom, mas esta é uma situação velha, por onde já passaram outros Governos do PS e do PSD com ou sem CDS.
Agora, e porque na proposta do orçamento o Governo regulariza a penalização para os atrasados ou não pagantes do IVA, a oposição e um senhor que aparece como representante das PME’s, exigem que o Governo passe a cobrar o IVA só na altura do pagamento das facturas (como aliás, devia ter sido sempre, digo eu), como se isso fosse fácil. Para além das muitas questões que se poriam se essa pretensão fosse avante, o IVA é um imposto Europeu e é em Bruxelas que se fazem as regras. E a coisa é apresentada na…

AUMENTO DO ORDENADO MÍNIMO

O anunciado aumento do ordenado mínimo está a transformar-se numa história de “cordel” que até dói.
Há dois ou três anos, foi negociado em sede de concertação social, o aumento progressivo do OM, de forma que, em 2011, estivesse nos quinhentos Euros.
O aumento para 450 Euros em 2009, não é mais do que o cumprimento do anteriormente acordado.
Como é que, desde a oposição de direita, alguns analistas da nossa praça e claro, os nossos esclarecidos empresários, com os sabedores argumentos de que perdemos competitividade, podem classificar de escandaloso o mísero aumento e que muitas empresas vão falir e por aí fora?
Alguns, que se têm arvorado em defensores dos “pobrezinhos”, fazem parte deste “coro” que, desta vez, querem pôr em causa uma subida mínima de 23 ou 24 Euros. Será que, para sermos competitivos, querem que o OM passe para 100 Euros?

A GRANDE ENTREVISTA

Gostei de ver o Prof Freitas do Amaral ontem, na “Grande Entrevista” da Judite de Sousa.
O fundador do CDS é hoje uma das vozes mais importantes e verdadeiras do nosso universo político.
Continua a identificar-se como “centrista”. Eu também penso que sim, muito embora algumas das posições que defende, não se enquadrem no “centro”, considerando esse centro entre a esquerda e direita (PS/PSD).
Acho simplesmente que pensa pela sua cabeça e, a cada momento, analisa com independência, os acontecimentos e as questões do nosso quotidiano e da nossa história.
É também uma das vozes mais credíveis sobre o pós-25 de Abril. Foi um dos protagonistas centrais e hoje fala desse tempo com muita honestidade.
Freitas do Amaral é uma das personalidades políticas que mais admiro.
SBF

PROTAGONISMO

Naquela hora “light”, antes do jantar, tem dias que me sento e olho para a TV, variando entre o simpático Fernando Mendes na RTP, SIC N e R Sorte na SIC.
Tenho alguma paciência para ouvir o HJ, mas não sou, nem nunca fui, seu fã incondicional.
Ontem, a propósito de nada, leu uma mensagem do seu telemóvel que, disse ele, eram parte duma intervenção da Fátima C Ferreira da RTP, numa aula de comunicação ministrada por ela. A FCF referia aos seus alunos,no meio duma aula, a situação profissional menos boa, na opinião dela, do HJ.
Bem, o homem (HJ) estava indignadíssimo com a FCF e passou o resto do programa arrasando, pessoal e profissionalmente, a colega.
Até se compreende a reacção, mas acho que foi um exagero ter-se aproveitado do tempo de antena, toda a gente tem direito a opinião e, muito provavelmente, as afirmações da FCF na aula, tinham outro contexto e não foi, nem de perto nem de longe, reproduzido em pleno programa da R Sorte. Para agravar ainda mais o referido exagero, o HJ fe…

GRANDE “BASTONÁRIO”

O Juiz António Martins, Presidente da Associação Sindical dos Juízes Portugueses, reagiu duma forma pouco aconselhável, ainda por cima para um Juiz, a declarações proferidas pelo Advogado António Marinho Pinto, Bastonário da Ordem, sobre o que alguns Juízes disseram publicamente, relativamente à nova Lei do divórcio.
Tinha questionado o Marinho Pinto, como é que estes Juízes, “depois de se pronunciarem contra alguns diplomas legais, nomeadamente a nova Lei do divórcio, depois vão julgar processos nesta área? “
É claro que, da forma como estes Senhores Juízes, se referem aos problemas existentes na administração da justiça, pondo-se sempre de fora, é no mínimo revoltante: Por um lado as suas decisões são sempre de acordo com a Lei (na versão deles, quase sempre má, principalmente sendo nova), por outro lado, têm sempre a prerrogativa da interpretação da Lei, ou seja, eles nunca erram, estão sempre certos, os outros é que são sempre incompetentes e outras coisas ainda piores.
Para estes…

TÍTULOS

Até o FC Porto perde em casa. Isto está tudo contra nós.
A bolsa está outra vez a cair e tudo leva a crer que vai fechar em baixa.
O Presidente da República promulga a nova Lei do divórcio mas, não deixa de arrasar negativamente o efeito (na opinião conservadora dele) da sua aplicação.
O MST é roubado e levam-lhe o portátil com boa parte da próxima obra literária. Então e o MST não tinha cópia de segurança?
A fazer fé no último relatório da OCDE, em Portugal, o fosso entre ricos e pobres é cada vez pior. É claro que, como é costume, os indicadores menos maus, não são referidos.
Outro Juiz a norte, liberta o JNPC de ter que ir a tribunal como arguido em mais um dos processos (??) do “apito dourado”, por falta de provas.
23 000 famílias já não conseguem pagar as prestações dos seus empréstimos de habitação.
Finalmente uma boa notícia (??)
Numa lista de dez homens mais influentes no mundo – Cristiano Ronaldo, sim… o nosso, figura em nono lugar. Mas… onde é que o C Ronaldo terá assim tant…

SAMORA MACHEL

Tinha acabado de estar mais de dois anos em Moçambique e tinha tido o “gosto”, o “prazer”, a felicidade de ter ouvido, ao vivo, e mais que uma vez, o Presidente Samora Machel discursar.
Foi uma experiência única, porque de facto não há nada que se lhe compare.
Pela convivência permanente com amigos Moçambicanos, sei como o Presidente era a dmirado. Mesmo os que não concordavam com a opção socialista, quando se referiam a Samora, faziam-no com “paixão”. Naquele malfadado dia 19 de Outubro de 1986, já em Portugal, acordei com a trágica notícia; Samora tinha morrido num desastre de avião, quando regressava a Moçambique.
Senti o acontecimento, como se ainda estivesse naquela Terra e fosse Moçambicano.
Entretanto já passaram 22 anos e Moçambique vive em paz. SBF

FEIRA DAS MERCÊS

Afinal de contas há ou não há “Feira das Mercês” ??
É verdade que o local onde habitualmente se realiza a “Feira”, precisava há muito de adaptação aos nossos tempos, de forma que a tradição se cumprisse.
Quando a Câmara anunciou as obras, todos ficamos contentes mas, passado praticamente um ano, ninguém entende como é que se adopta a solução mais fácil, ou seja, não se faz “Feira”, dá-se um pontapé na tradição porque a Câmara foi incapaz de arranjar maneira de resolver o problema durante um ano inteiro.
Para complicar ainda mais, anunciou-se entretanto que não ia haver “Feira”, e hoje, Segunda-feira dia 20 de Outubro, lê-se nos “digitais” que afinal já vai haver “Feira das Mercês”.
Por favor, decidam-se duma vez e deixem de fazer de nós tontinhos.

MARIA ANTONIETA

Fez ontem 216 anos que Maria Antonieta, Rainha consorte de França por casamento com LUIS VI em 1770, morreu na guilhotina.
O mesmo já tinha acontecido com o Rei seis meses antes, em 21 de Janeiro de 1793, depois da revolução Francesa ter levado a melhor e ter abolido a monarquia a 21 de Setembro de 1792.
Esta transição da década de oitenta para a de noventa do século XVIII, são marcantes na história universal, porque a partir da revolução Francesa tudo fica diferente e nunca mais volta ao que era. Porque as nações Europeias colonizavam praticamente todo o mundo, a nova situação em França acaba por ter a sua influência em todo o lado.
Logo a seguir, e com o aparecimento de Napoleão Bonaparte, o efeito das mudanças em França, irão traduzir-se em múltiplas guerras concretizando a ocupação de boa parte dos Reinos na Europa.
A figura de Maria Antonieta, educada na corte de Viena para as funções que viria a desempenhar, foi muito interventiva durante o reinado de Luís XVI, e demonstrou muit…

A CRISE!

Deste ontem que regressou a euforia às bolsas. Parece que as medidas decididas pela Europa no Domingo, tiveram o efeito pretendido.
A grande lição de toda esta crise é a derrota em toda a linha dos defensores de políticas liberais, sendo a desregulamentação a grande bandeira deste pessoal.
Agora, com tudo o que é privado a falir ou em vias disso, teve que ser aplicada a velha receita da nacionalização, ou pelo menos, o reforço (muito reforço) dos órgãos reguladores e controladores do Estado.
Quem havia de dizer há um ano atrás, que a banca Inglesa estaria hoje praticamente nacionalizada ou controlada, do ponto de vista accionista, pelo Estado.

D. DINIS, O LAVRADOR

Num ido 9 de Outubro de 1261, portanto há 748 anos, nasceu, em Santarém, o sexto Rei de Portugal, de seu nome D. Dinis e com o cognome “O Lavrador”, mas também poeta e trovador.
É um dos nossos Reis que marcaram de facto a nossa história, quando dele nos lembramos, vem-nos à memória;
» A plantação do pinhal de Leiria.
» A criação da Universidade de Coimbra, que passados todos estes anos continua importante e é das mais antigas do mundo.
» O milagre das rosas protagonizado pela Rainha D. Isabel posteriormente “Santa Isabel”.
» Paz com a Igreja Católica, firmando tratado com o Papa Nicolau III.
» Criação da Ordem de Cristo com toda a herança dos extintos “Templários”. A cruz da “Ordem de Cristo” irá de futuro aparecer nas famosas caravelas dos descobrimentos.
» Tratado de Alcanises em 1297 firmando a paz com Castela e fixando as fronteiras com Moura e Serpa do nosso lado. São praticamente as que existem hoje.
» As “Ordenações Afonsinas” são calhamaços com leis que irão pôr ordem administ…

CHE GUEVARA

Há 41 anos, exactamente a 9 de Outubro de 1967 é morto nas montanhas da Bolívia, Ernesto Guevara De La Serna, conhecido simplesmente por Che Guevara.
Che Guevara, homem, revolucionário verdadeiro, foi, e é, admirado por várias gerações, pela sua pureza de carácter e pela sua entrega total à luta pela libertação dos pobres e oprimidos.
Teve todo o poder, teve todas as mordomias, teve toda a riqueza e a tudo disse que não.
Morreu na Bolívia, na luta por um mundo novo. SBF

“NOVELA” ESMERALDA CONTINUA

Disse ontem o PGR; “Uma novela triste, que vai durar mais uns anos” “Até a criança ter 18 anos”
Já que a justiça não consegue resolver o problema, que os intervenientes tenham bom senso, aquele pai biológico e o respectivo advogado pretendem o quê??

REDUÇÃO DO IRC E BONIFICADO PARA PME’s

Toda a gente exigia redução do IRC e apoios para as PME’s, motores da economia e por aí fora…
Para fazer face à crise o Governo anunciou ontem, redução do IRC, apoio a juro bonificado para as PME’s, 13º mês para o abono de família.
Entretanto isto já não é importante e inventam-se novas exigências, é sempre a mesma coisa…

GLOBAL TURBILHÃO

Os mercados bolsistas caiem a pique e a de Lisboa não é excepção. Dos “PSI20” não há um só que esteja a subir. Em toda a Europa a banca é o sector mais penalizado com descidas a roçar os 10%, e na Alemanha a chegar perto dos -20% e o Hypo Real Estate na casa dos -40%.
Nos USA abriram as duas a descer entre 3 e 4%. Está tudo louco, os índices de confiança há muito que não estavam tão baixos.
No meio deste global turbilhão, o nosso Presidente da República aproveitou a oportunidade de discurso ontem, nas comemorações do 5 de Outubro, para apontar todas as armas ao Governo pelo estado em que as coisas estão no nosso País, ou seja, numa altura em que o mais necessário é carga positiva para contrariar tudo o que nos está a cair em cima, levamos com “tiradas” das mais negativas que pode haver.
A situação na Alemanha é muito preocupante. Estamos agora no início da semana, como será que a vamos acabar?

PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

Em 5 de Outubro de 1910, faz precisamente hoje 98 anos, foi proclamada a República Portuguesa.

Esta proclamação foi o resultado de décadas cheias de acções revolucionárias dos republicanos esclarecidos e com espírito democrático, mais os ignorantes e mal formados com fome de sangue. Nem sempre os esclarecidos que levaram a melhor. Dois anos e pouco antes, supostamente revolucionários republicanos, tinham simplesmente assassinado o Rei D. Carlos e o Príncipe D. Luís Filipe.

Com a República instalada, aos Portugueses foi dado, dezasseis anos de pura anarquia e maior pobreza, e mais quarenta e oito anos de ditadura salazarenta que nos reprimiu até à libertação de 25 de Abril de 1974, ou seja, se hoje continuássemos em monarquia, não estaríamos mais pobres por isso.

No actual mundo globalizado, e com as monarquias Europeias perfeitamente democratizadas e modernas, em que os valores importantes que estão em causa, não têm nada a ver com monarquia ou república, tem muito pouco sentido fazer gr…

REUNIFICAÇÃO ALEMÃ

Fez ontem, 3 de Outubro, 18 anos sobre a reunificação da Alemanha após a queda do muro de Berlim.
A história da Alemanha é atravessada por frequentes alterações das suas fronteiras, com separações e unificações das diversas Nações Germânicas. Reinos, Ducados, Principados, Republicas, tendo em comum a língua germânica, movimentaram-se, ao longo dos séculos, em independências conquistadas ou em uniões negociadas.
O termo “reunificação”utilizado na união de 1990, significa a existência de “união” anterior. É certo, a grande união da Alemanha aconteceu no século IXX, mais exactamente em 1871. Esta união é o resultado do desejo dos povos de cultura germânica que, depois de muitas lutas, tendo sempre como principais protagonistas, a Prússia a norte e a Áustria a sul. O desejo da união germânica era muito forte nas faixas liberais de ambas as nações mas, na verdade, o poder estava nos seus exércitos e na aristocracia de cada um dos lados. A Áustria ao tempo, meados do século IXX, era uma gra…

A NOSSA SINA

A nossa sina, para o bem e para o mal, é estarmos sempre dependentes dos USA.
Por causa da política desastrosa do Bush e dos seus apaniguados financeiros, estamos todos suspensos da aprovação do plano “700 mil milhões”.
Deviam ser só os Americanos a pagar as “favas”, mas a globalização é assim, paga o justo pelo pecador, e aqui, o justo, é também sempre o mesmo, o mexilhão.

PASSAGEM NA “TERRA”

Foi, e continua a ser sempre pela vida vivida, e que ainda hei-de viver por esses caminhos abaixo e acima, que se dirigem a pontos muito distantes com muita luz ao fundo.
São caminhos de “cabras” com muitos pedregulhos, que exigem muito esforço de pernas e do “eu” que sou homem de luta vencida sempre pelo lado melhor desta passagem pela terra.
A figura sinistra das trevas e da “gadanha” rodeou-me, estudando a possibilidade de se alimentar dum “rico” espírito, mas, assim como apareceu, desapareceu no sinistro buraco.
A jornada é dolorosa com pequenos doces, que assim são mais saborosos, e que por isso têm muito mais valor.
A estrada vai sendo percorrida, e não vou nunca voltar para trás. O grau de inclinação é grande e requer mais força mas, com passos certos, lá hei-de chegar.
Quando tiver que encarar novamente a mudança de patamar, com uma partida “desta para melhor”, quero ter este caminho abaixo e acima, completamente percorrido. SBF 29.09.2008

O DERBY

E o Leão perdeu.
É melhor nem olhar!

AS NOTÍCIAS BOAS

A crónica semanal do Nicolau Santos no “economia” do Expresso desta semana chama-se;
«Farto de más notícias, eis quatro boas».
É isso mesmo, com as taxas de juro a subir sem parar, com os combustíveis a preços proibitivos, com os Americanos há dois dias reunidos para descobrirem uma forma de safarem da falência mais bancos e seguradoras, com uma grande parte dos nossos analistas a procurarem afincadamente pretextos para deitar abaixo o nosso Primeiro desvalorizando o “sucesso” da abertura das escolas, procurando aspectos negativos no lançamento de “Magalhães” e ignorando os positivos, minimizando as vendas deste computador para o estrangeiro; Venezuela, Líbia, etc, com a derrota do Sporting ontem na Luz, com todas as outras desgraças verdadeiras ou inventadas, o Nicolau Santos fez muito bem em lembrar-se de algumas áreas em que os Portugueses são os maiores, a saber:
1 – O sucesso dos projectos-piloto na serra de Sintra e em Grândola na utilização de cabras que, controladas por cercas, …

PS DEVOLVEU OS PELOUROS AO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SINTRA

Em Sintra, a campanha eleitoral para as autárquicas já começou em força. Bem se sabe, e não o digo com alegria, antes pelo contrário, que uma parte considerável dos eleitos autarcas por esse País fora, pouco se importa, ao longo dos respectivos mandatos, com quem os elege, mas ao menos tenham alguma vergonha e disfarcem algumas atitudes.
No caso em apreço, parece-me que os protagonistas, de ambos os lados, aproveitaram o pretexto exactamente para iniciarem a campanha eleitoral. Ao que se sabe, nem o Presidente teria um forte motivo para, em plena reunião de Câmara, declarar que retirava o pelouro ao vereador, nem o partido de que faz parte o “ofendido”, teria motivos para, no dia seguinte, devolver todos os pelouros ao Presidente da Câmara, e alguns são muito importantes e decisivos para o funcionamento de rotina da autarquia, como é o das finanças.
A um ano do final do mandato, vai a Câmara Municipal de Sintra ser objecto duma redistribuição de pelouros, sem a participação do PS, com…

FICÇÃO PORTUGUESA NA TV

Houve tempos em que não se conseguia ver ficção Portuguesa em nenhum dos canais de TV em Portugal.
A RTP recuperou um pouco essa vertente, mas sem grande impacto no universo dos telespectadores. Talvez porque a qualidade não fosse grande coisa. Há cerca de quatro, cinco anos, começou de facto a produzir e a transmitir algumas coisas com interesse.
O que a SIC tem feito nesta área é muito pouco para uma televisão com as suas ambições. Mesmo assim, algumas tentativas feitas, designadamente com telenovelas, acabaram a ser transmitidas pela madrugada fora sendo preteridas pelas brasileiras da globo.
Embora não seja telespectador regular da TVI, tenho que reconhecer ser esta a estação que tem dado forma aquilo a que se pode chamar “Ficção Portuguesa”. O produto telenovelas vingou e fixou o telespectador naquele produto, catapultando a TVI para o primeiro lugar de audiências permanentemente desde há quase dez anos. Esta realidade alterou completamente a realidade que existia no mundo artíst…

IC 19 - CONCLUSÃO DAS OBRAS

Finalmente as obras estão a chegar ao fim.
Que sorte tem a actual Câmara de Sintra.
Embora esta via não seja da responsabilidade da Câmara, todos sabemos que, a operacionalidade do IC 19, tem influência no resultado das eleições para esta Autarquia. Sendo as eleições daqui a um ano, e se este Presidente se recandidatar, está já certo que não vai ser penalizado pelos eleitores por causa do IC 19, como aconteceu com a Edite Estrela em 2001. Eu continuo a achar que a derrota da Edite Estrela em 2001, teve muito de “IC 19” que estava no meio das obras do troço anterior, com um autêntico pandemónio diário, e com todos os protestos promovidos pelas Associações de Utentes a ajudar.
Claro que a situação hoje é muito melhor do que era, e com a conclusão deste último troço, ainda melhor ficará, mas não chega para resolver o problema. Ficam ainda alguns “pincéis”; As vias de acesso ao próprio IC 19 das várias localidades e o IC 30 e o IC 16.
Tudo isto resultado do planeamento que não existiu. O …

OS MARRETAS VÃO REGRESSAR

Os Marretas vão regressar em 2010 via cinema. Depois de terem aparecido há mais de trinta anos, fizeram sempre parte das nossas vidas enquanto personagens mas acima de tudo no que elas representavam. Era de tal forma, que quando semanalmente os via no pequeno ecran, conseguia encaixar todas as personagens em outras tantas do meu dia-a-dia.
O Cocas, a Miss Piggy, Os velhos do camarote e todos os outros, dialogavam com todo o humor do mundo. Todos nós alcunhamos alguém com as diversas personagens e, ainda hoje, consigo identificar algumas.
Já estou a ficar ansioso.

POLÉMICA COM O LOCAL DE NASCIMENTO DE D. AFONSO HENRIQUES

O símbolo maior da nacionalidade, D. Afonso Henriques, primeiro Rei de Portugal, está no meio de uma polémica sem precedentes, por ter surgido um ou dois historiadores que defendem a teoria de que D. Afonso Henriques teria nascido em Viseu e não em Guimarães.
Vai daí, a Câmara Municipal de Viseu, governada pelo actual Presidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses, fazendo jus à sua “postura neutral e capacidade em encontrar consensos”, vem reivindicar a legitimidade de promover as comemorações dos 900 anos do nascimento do Rei Conquistador naquela cidade, em vez de Guimarães.
É claro que ninguém levará a sério esta pretensão, Guimarães irá fazer as comemorações como sempre o fez no que respeita a D. Afonso Henriques e, se alguma vez, se vier de facto a provar, que D. Teresa estava noutro local que não Guimarães, em 25 de Julho de 1109, naturalmente que as coisas serão diferentes, mas, da forma como a teoria aparece, não chega em argumentos para que se ponha em causa uma…

HIPOCRISIA EM GRANDE ESTILO

Na madrugada de ontem, verificou-se o rebentamento de um engenho explosivo num terceiro andar dum prédio em Tomar. Ao que parece, era um engenho artesanal e de baixa potência, mesmo assim, arrancou as portas todas do prédio incluindo a da rua. Por sorte, digo eu, não deflagrou nenhum incêndio e os estragados foram só motivados pela explosão em si.
As notícias, na minha opinião, deveriam centrar-se no acto criminoso de quem fez a bomba e a colocou, pondo em perigo a vida dos moradores e provocando todos os estragos à vista, mas não. O que vi nas televisões e na imprensa, tratava acima de tudo, de quem morava naquele apartamento. A comunicação social tratou de branquear a culpa do, ou da bombista, e preocupou-se em saber se havia muitas mulheres lá a morar, se eram prostitutas, se entravam muitos homens, e a que horas, a nacionalidade das ditas, etc, etc.
Mas afinal em que País estamos? E em que Continente? E se tivessem morrido pessoas?
Espero que a Polícia e quem tem o dever de investi…

QUINTA CONSTITUIÇÃO DO BRASIL

Tal como ontem se comemorou a aprovação da única constituição dos USA, também hoje, faz 63 anos, que foi promulgada a quinta constituição do Brasil.

Foi no dia 18 de Setembro de 1946 que a Mesa da Assembleia Constituinte promulgou a Constituição dos Estados Unidos do Brasil e o Acto das Disposições Constitucionais Transitórias.

A aprovação desta nova Constituição vem repor as liberdades e garantias da Constituição de 1934 e que, simplesmente, são apagadas na Constituição da ditadura do Estado Novo de 1937 que consagrou, como figura máxima da ditadura, Getúlio Vargas.

Esta Constituição, que reflecte e garante um Estado Democrático com todas as premissas inerentes, foi considerada muito moderna e avançada, considerando o recente final da segunda guerra mundial, e o contexto político da América Latina na época.

Seria assim até ao golpe militar de 1964 quando era Presidente João Goulart, que, a pouco e pouco e com constantes emendas, foi na prática anulada até à criação da sexta constituiç…

CONSTITUIÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Há 221 anos, a 17 de Setembro de 1787, culminando a Convenção Constitucional de Filadélfia na Pensilvânia, foi assinada a constituição dos Estados Unidos da América.

Este documento final, resultado de muitas discussões preliminares demoradas, conseguiu comprometer duas tendências dominantes na política Americana à época, a estadista de Thomas Jefferson, que defendia muita autonomia e poder para os diversos estados, e a que defendia um poder federal centralizado muito forte.

Esse grande País, que protagonizou a evolução da sociedade ocidental nos últimos 200 anos, nasceu, institucionalmente, naquele dia.
Se vivermos (O Ser humano) o suficiente, haverá quem escreva na história, a verdadeira importância que este País teve para a nossa civilização. Hoje não conseguimos fazer essa avaliação.

A cerca de dois meses de mais uma eleição presidencial, o mundo está de olhos postos nos USA. Hoje, as notícias davam conta, de que se a eleição fosse universal, ou seja, se os eleitores fossem os cida…