GREVE NA CP

Continuo a não conseguir perceber, e a generalidade dos portugueses também não, o que os maquinistas da CP pensam conseguir com as constantes greves, estando o País da maneira que está.


Será que pretendem antecipar a privatização da empresa ou parte dela?


Se não é esse o objectivo, pode muito bem acontecer que mais esta greve anunciada entre os próximos dias 22 e 25 e outras que se seguirão, ajudem a que, logo haja governo, a privatização, pelo menos de algumas linhas, seja concretizada.


Os utentes é que sofrem. Na maioria trabalhadores de salários médio/baixo, são as vítimas dos maquinistas que continuam a ter uma situação profissional em termos de remuneração, muito acima da média.


Silvestre Félix

Sem comentários:

"A UNIÃO FAZ A FORÇA"

“A união faz a força” (1) Provérbio normalmente usado pela positiva, mas que pode também ser verdade pela negativa. Infelizmente...