RTP E O NEGÓCIO…


Bem pode MRS dizer que o “Funcionário” falou com cobertura do ministro que tutela a comunicação social e mais uma quantidade de coisas e que se licenciou na “Lusófona”.

A mim não interessa nada disso. A ligeireza com que um “funcionário” fala do futuro do Serviço Público de Televisão é que choca.

O assunto, a ser publicitado da forma que o foi, só o Governo o podia fazer.

 Silvestre Félix

Sem comentários:

HÁ ANEDOTAS BEM MAIS FRAQUINHAS

Tenho a impressão que deixaram plantado, ali para as bandas de Alvalade, um vírus que, como todos os outros que por aí andam, ataca sem ol...