CIMEIRA LUSO-BRASILEIRA


A uma semana do início da Cimeira Luso-Brasileira em Brasília, a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, adiou-a por razões que, pelo menos publicamente, ainda se desconhecem. O Expresso adiantou que a presidente tomou esta decisão por achar que o evento podia ser prejudicado pelo escândalo “Mensalão”.

Uma decisão destas, ainda por cima sendo o País anfitrião a tomá-la, há de ter motivos muito fortes não me parecendo ser o caso do indicado pelo semanário.

Esta Cimeira tinha o “valor acrescentado” de coincidir com o início do Ano de Portugal em Brasil que, mesmo assim, terá a sua cerimónia de abertura sem o Primeiro-Ministro, mas, como tudo leva a crer, com o Ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas.

Em Portugal, ficamos à espera que Dilma se explique.

Silvestre Félix

Sem comentários:

HÁ ANEDOTAS BEM MAIS FRAQUINHAS

Tenho a impressão que deixaram plantado, ali para as bandas de Alvalade, um vírus que, como todos os outros que por aí andam, ataca sem ol...