ORÇAMENTO, COLHERADAS, GUINCHOS E O RESPEITO PELO POVO

As pressões sobre o “OE2018” estão muito longe de terminarem. Ainda só hoje foi aprovado em Conselho de Ministro e amanhã é entregue na Assembleia da República.

Toda a gente quer meter uma “colherada”. Os batalhadores pelos mais variados interesses, que já se vêm movimentando deste o verão, vão continuar até o OE2018 ser finalmente aprovado pelos deputados.

As greves vão multiplicar-se. Algumas serão justas e até se justifica a pressão, mas outras, nem tanto. As “Ordens” e as Associações patronais vão insistir com os seus argumentos e, mesmo da parte dos partidos da “Geringonça”, vão continuar os mais variados “guinchos”.

Em qualquer dos casos, por muito que doa a tanta gente, tudo isto é a democracia a funcionar. Agora está provado que os melhores resultados, são os que resultam de compromissos abertos e sem trunfos na manga.

As conhecidas divergências continuam intactas, mas o essencial para a reposição da justiça e desenvolvimento do País no respeito pelo povo e pelas instituições nacionais, é assegurado.

Acredito que, com a entrada de novos protagonistas na cena política, o ambiente vai melhorar e o País, ganhar!

Silvestre Brandão Félix
12 outubro de 2017

Foto: Google   

Sem comentários:

HABITUAMO-NOS A CADA COISA...

Há coisas que, antes de as fazermos ou programarmos, é bom que nos habituemos a consultar o calendário das greves de alguns serviços, na m...